IMG_8959.JPG
Ayurveda

O inevitável caminho de Saturno


A existência humana é cercada de medos. Nós tememos obstáculos visíveis e invisíveis, reais e imaginários, temos medo dos outros e até de nós mesmos. O medo do desconhecido nos priva de acessar os mistérios da vida nos seus aspectos positivos e nos empurra no caminho da fuga e da autoproteção. Nosso olhar distorcido da realidade, projeta no mundo material expectativas e desejos que nos levam inevitavelmente a enfrentar nossos próprios limites.


Tudo que nos é negado, imposto ou obstrui nossas tentativas de avanço, abrem as portas da consciência individual para autoanálise, e consequentemente, o autoconhecimento.


Já pensou se tudo que desejássemos fosse facilmente atingido, sem qualquer esforço ou custo?


Quando eu falo sobre as lindas lições de Saturno, percebo que as pessoas prendem a respiração. Mas ao longo dos anos, tenho sido cada vez mais bem-sucedida em mostrar que o mérito das conquistas não está no resultado imediato, mas no aprendizado, atenção, empenho e consideração que depositamos em cada ação. É esse o espírito que significa o verdadeiro desenvolvimento humano.


Medo, insegurança, dúvida e egoísmo estão ligados com o lado inferior da nossa totalidade e nos levam para a direção da confusão mental, melancolia, pena de si mesmo e falta de vitalidade.


Quando encontramos consistência, disciplina, fé, atenção, independência e respeito pela Ordem Universal – nos conectamos com lado luz da vida, essa é a energia de Saturno.


Saturno manifesta suas diferentes faces de acordo com nossas necessidades e atitude perante a vida.

Ele é o tão temido Senhor do Tempo, aquele que não nos deixa furar fila na senda evolutiva. Representando a ordem natural das coisas, a assimilação que só é atingida pela experiência pessoal.


Os ensinamentos de Saturno não se aprendem em livros, não se conquistam com rituais ou experiências místicas. Ele age através do tempo e tem a função de nos despertar para a nossa natureza individual, que é dual, para nos conectar com o que é eterno através das experiências comuns do dia-a-dia.


Esse planeta tão assustador, representa as escolhas mais difíceis, aquelas que pedem responsabilidade, que têm consequências de longo prazo e que geralmente evitamos ao máximo. Conduzir a vida de acordo com as leis de Saturno pode não ser a forma mais glamorosa ou prazerosa de se viver, mas certamente conduzirá nossa Alma à bem-aventurança espiritual.


Quando me perguntam sobre como resolver ou amenizar um período ou um trânsito de Saturno eu sugiro que as pessoas não tentem cortar caminhos ou fugir das responsabilidades. Esses períodos costumam revelar recursos internos valiosos juntamente com oportunidades para usá-los de forma assertiva e justa. Como um bom pai, Saturno preza pelo nosso crescimento e coloca o mundo material aos nossos pés. Como cobrador do carma, ele nos presenteia com os louros da missão cumprida ou nos tira o chão, revelando nossa pequenez diante dos desígnios do Criador.


Saturno rege a decadência física e a morte para que possamos acordar para a vida eterna. Ele testa nossas forças, nos conduz na trilha da perseverança e nos ensina o verdadeiro sentido da resiliência. Nós somos instrumentos de mediação entre o denso e o sutil, o céu e a terra, o concreto e o inimaginável. Depende única e exclusivamente de nós aceitarmos que o caminho da transcendência é interno. Como lidamos com os acontecimentos é que determina qual aprendizado vamos tirar de cada experiência.


Toda identificação social de poder, status, comparações e a crença de que tudo podemos, nos distancia da realização do nosso potencial. Somos peças diferentes de um mesmo jogo. Saturno quer que nós reconheçamos nossas características físicas, mentais e emocionais e as coloquemos à serviço de algo maior que nós. Nossas particularidades nos fazem únicos e só são nocivas quando negadas.


Saturno remove o véu da ilusão e nos coloca frente a frente com a realidade pessoal e coletiva. E dessa forma, hora pai - hora cobrador, ele nos sacode para fora do ninho da autocomiseração e transforma nossas fraquezas em forças e defeitos em qualidades. Nos convida ao bom combate, nos fortalece e nos liberta da displicência, da falsa ideia de que a realização dos desejos materiais vai nos levar a paz.


Ele cria as condições necessárias para que acordemos para o compromisso de Ser em detrimento de ter, fazer o melhor apesar das circunstâncias, deixar ir o que não é mais necessário, honrar compromissos, exercitar tenacidade, confiar na ordem natural das coisas e desenvolver solidez e equilíbrio emocional.


Mas existe o risco de um mergulho profundo no mundo Saturnino, o de pendermos para o lado da rigidez, do peso emocional e da depressão. Um Saturno mal aspectado ou maléfico no mapa pode dar ao indivíduo uma visão cinza e pessimista da vida. Ou ainda, travar o sucesso material, profissional ou emocional.


Saturno é um Planeta naturalmente maléfico e tem como uma de suas funções equilibrar os impulsos emocionais da Lua. Como inimigo do Sol ele ofusca nosso brilho e busca harmonizar nosso desejo de reconhecimento com a humildade de saber o valor que agregamos, no estágio em que estamos.


Ele quer nosso bem, é paciente e severo. Saturno não dá margem para justificativas vazias nem para transferências de culpa. Ele mostra claramente quem somos e qual é o nosso papel no mundo.


Eu sempre digo que Saturno representa um labirinto, um conjunto de vivências e possibilidades que vão nos conduzir ao inexorável destino que nos pertence. Pode parecer fatalismo, mas não é. A vida de cada indivíduo tem contida em si todos os elementos necessários para que tenhamos escolhas, e dessa forma, possamos aprender a lição da responsabilidade.


Não desejamos as mesmas coisas, não temos os mesmos recursos internos e físicos, não passamos pelas mesmas dificuldades, não nascemos em igualdade material ou social. Mas compartilhamos do mesmo desejo de encontrar a bem-aventurança que uma vida bem-sucedida pode proporcionar.


Saturno é o professor, ele nos ensina como encontrar um estado interno de estabilidade. Ele é aquele que cerca o galo até voltarmos nossa atenção para aquilo que realmente é importante e está além da natureza efêmera da existência material. Saturno quer foco em tudo aquilo que está ao nosso alcance e pode ser conquistado pelo nosso esforço. Isso vale para a solidez material e espiritual.


Saturno definitivamente não é o planeta da ambição, e sim, o planeta da construção! E por isso, Saturno é nosso maior aliado no caminho da Ascenção Material (caminho horizontal) e Ascenção Espiritual (caminho vertical) que tanto buscamos. Simplesmente porque ele revela como construir uma fundação robusta e realista em todas as áreas da nossa vida. O preço? Resiliência.

44 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo